Google+ Followers

quarta-feira, novembro 30, 2011

Eu gosto do G+

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos Uma rede social, criada a partir do Google, menos intrusiva que o Facebook. E mais controlável.... https://plus.google.com/

terça-feira, novembro 29, 2011

Jornada de trabalho vai aumentar para 45 horas semanais...!

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos Temos um sério problema de produtividade. Não temos um problema de trabalharmos pouco ou mesmo poucas horas. Trabalhamos mais horas que os alemães, mas produzimos bem menos.... E claro que trabalhamos menos que um moçambicano médio (agricultor, longas deslocações a pé, ausência de maquinaria, sol a sol...todos os dias do ano...)... Mas como não conseguimos aumentar a produtividade de forma muito rápida (requer capital, tecnologia e investimento que não temos quem nos financie...)...teremos que aumentar a quantidade de horas trabalhadas de forma a aumentar a produção, e, consequentemente, a produtividade. Primeiro o governo, e bem, reduz os salários dos trabalhadores do Estado. Em simultâneo aumenta a jornada de trabalho em 2,5 horas por semana no sector privado. Mas não chega.... Actualmente os funcionários públicos trabalham 35 horas por semana e os privados 40 horas (que passarão a 42,5h). Não chega. Vamos ter que aumentar a nossa produtividade em cerca de 20%, no mínimo....o que equivale a que todos passarão a trabalhar 45 horas por semana. Algures para meados do próximo ano, com um orçamento rectificativo teremos a novidade do aumento da jornada de trabalho.

segunda-feira, novembro 28, 2011

Benfica ganhou....Sporting incendiou a bancada....

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos O Sporting jogou melhor durante 60 minutos, enquanto as equipas estavam em igualdade numérica. A confirmação de que o Sporting vai ser candidato até ao fim do campeonato. Depois o árbitro, inseguro, expulsou Cardoso e estragou o espectáculo. Dois amarelos a Cardoso, por protestos em outros tantos lances, e os espectactores que ficaram defraudados...a partir da expulsão o Benfica recuou...e o Sporting não mais conseguiu criar perigo. Mas passou a ser um jogo de sentido único. Pena. O derby não o merecia. No final do jogo, os selvagens adeptos das claques do Sporting pegaram fogo à bancada...cadeiras de plásticos foram fácil pasto das chamas...já é useiro e vezeiro...o ano passado no Sporting-Benfica para o campeonato as supracitadas claques tinham estado em luta contra a polícia durante todo o jogo....afinal para os selvagens o jogo não tem interesse algum... Sugiro que estes adeptos sejam recrutados compulsivamente para as fileiras do exército e destacados para missão no Afeganistão...!

terça-feira, novembro 22, 2011

A Nação dos Direitos...e o trabalho?

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos Artigo do Professor Paulo Pinho hoje no Jornal de Negócios. Lúcido. Funcionário público. Desalinhado. http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=520877

Controladores aéreos e pilotos não podem fazer greve....

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos Os militares não têm direito de greve. Percebe-se o porquê. E os controladores aéreos da ANA (empresa pública estatal, monopolista) e os pilotos da TAP e de cabina (empresa pública estatal) não deveriam ser autorizados a fazer greve. O turismo, alavanca de 12% do PIB e 9% do emprego dependem, entre outras coisas, da fluidez e abundância do transporte aéreo. Por isso as greves dos contraladores no dia 24.11, dia de greve dos traidores gerais da pátria....é um crime de alta traição. O mesmo de se diga da greve dos pilotos da TAP para depois do Natal e depois do Ano Novo.... Na Roma Antiga, quando as legiões fugiam do combate ou eram derrotadas de forma pouco honrosa, o Legado (comandante da Legião) decimava os seus soldados e oficiais, isto é, matava um em cada dez, um-dó-li-tá.... E alguns tipos cá do burgo andam a brincar com a nação e mereceriam ser decimados....

Contra a greve geral...contra a traição a Portugal

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos Que ninguém se confunda...eu sou um trabalhador...mais de 80 horas semanais...nunca fiz horas extraordinárias...nem tive folgas de compensação....e considero que estas greves são selvagens, profundamente egoístas, e contrárias ao interesse de trabalhadores e de Portugal. Contrárias ao interesse da esmagadora maioria que tem que ir trabalhar, em pequenas empresas, sujeitas a concorrência e a terem que cativar clientes....Sem nada garantido. A não ser terem que todos os dias serem um pouco melhores. Pois os que vão fazer greve são, na esmagadora maioria, aqueles que têm férias pagas, promoções automáticas, reformas simpáticas, segurança no trabalho....a herança salasarista no seu melhor...afinal a herança era bem pesada.... Uma greve dos que têm contra os que não têm...uma luta de classes mas ao contrário...em que os reaccionários são os funcionários das empresas públicas de transporte (que pagam bem e têm deficites enormes...a serem pagos pelo contribuinte....!), os funcionários dos ministérios da educação e da saúde... Quando os motoristas da Carris, Metro ou CP voltarem a ganhar aquilo que merecem, algures entre 25 e 50% do que auferem actualmente, veremos se continuam as greves...quando as empresas falirem e os contribuintes se revoltarem e não quiserem pagar mais impostos para as sustentar....então veremos. Até lá estas greves servem para que os credores internacionais desconfiem da nossa capacidade de pagar a dívida....e o custo da mesma vai voltar a aumentar....seremos cada vez mais devedores menos fiáveis.... Greve Geral= traição a Portugal! Toca a trabalhar para pagar a dívida e recuperar a independência nacional! Greve é traição.

segunda-feira, novembro 21, 2011

Entrevista ao Professor Fernando Alexandre, que vale a pena ler.

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos http://economia.publico.pt/Noticia/corte-do-14-mes-para-as-reformas-acima-dos-1500-euros-mensais-devia-ser-definitivo-1521855 No Jornal Público de segunda-feira, dia 21.11.2011

quinta-feira, novembro 17, 2011

Desemprego real quase nos 20% (18,2%)

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos O desemprego oficial acabou de ser revelado pelo Instituto Nacional de Estatística. 12,4% para o terceiro trimestre de 2011. Mas a taxa desemprego inclui apenas as pessoas que estando desempregadas procuraram activamente emprego no último mês. Se a estes somarmos os que estão desempregados mas não procuraram emprego (os chamados "desencorajados") e ainda os que trabalham apenas um punhado de horas por semana querendo trabalhar a tempo inteiro, então a taxa de desemprego sobe para os 18,2% Este esclarecimento é tributário do trabalho do economista Eugénio Rosa, da CGTP. Um veterano, deputado independente do PCP em substituição (aquando da discussão do Orçamento de Estado no Parlamento) foi meu aluno numa pós-graduação. Rigoroso, competente. Cito do seu último "flash release": "Segundo os dados que o INE acabou de divulgar, referentes ao 3º Trimestre de 2011, a taxa oficial de desemprego subiu para 12,4%, mas a taxa de desemprego efectivo, calculada utilizando também dados do INE (soma-se ao desemprego oficial os “inactivos disponíveis” e o “subemprego visível” que são trabalhadores que, apesar de estarem na situação de desemprego real, não são considerados nos números do desemprego oficial), atingiu 18,2%."

quarta-feira, novembro 16, 2011

De Tróia a Sagres...202 kms de bicicleta....

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos Um desafio brutal. Uma coisa de amadores empenhados. Um desafio para todos os ciclistas amadores, sejam de estrada ou de BTT. Já no próximo dia 10 de Dezembro. Partida do cais do ferry em Tróia pelas 08h. Fabuloso desafio! Digno também de aspirantes a IronMan (full triathlon, enduroman, triatlo ultra longo). Will you join me and my team?

Nem todos vão ser nacionalizados....

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos "Depois da cimeira (Europeia de Outubro), o BCP reconheceu uma necessidade de capital de 1,75 mil milhões de euros com as perdas em dívida pública recomendadas pela EBA, enquanto a CGD assumiu precisar de 2,2 mil milhões de euros. O BPI apontou para 1,71 mil milhões de euros, enquanto o BES se ficou uma necessidade de 687 milhões de euros. " In Jornal de Negócios. Nem todos vão ser nacionalizados...está bem de ver que provavelmente um vai escapar...Sabem qual é?

segunda-feira, novembro 14, 2011

Run 4 Fun...175 membros activos...and keep growing!

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos As três expressões e o logotipo são desde hoje marca registada, com protecção legal em Portugal! Talvez seja precaução...mas com aquilo que nos é querido não podemos facilitar! Run...for Fun!!!! Rumo aos 200 membros activos (corredores!)

sexta-feira, novembro 11, 2011

Esses loucos que correm...porque raio são tantos?

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos http://run4f.blogspot.com/p/esses-loucos-que-correm.html

Why Portugal is my number one...ou como Ericsson de forma simples explicou o potencial de Portugal

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos Sven-Goran Ericsson, o famoso treinador de futebol (Gotemburg, Benfica, Lazio, Inglaterra,...) resumiu em poucas linhas, na sua coluna de opinião do prestigiado jornal britânico "The Independent" a razão porque gosta tanto de Portugal. --------------- Why Portugal is my number one I have been privileged to work in some wonderful countries but I don't think there are many places on earth quite like Cascais, on the north Atlantic coast, where I have a home and took some time off during the international break. Portugal is small and peaceful with extremely good weather and good food. You have the sea, too. Enough reasons to love it! ------------- Parece fácil, mas não é. Conseguir dizer tanto em tão pouco espaço. Ericsson seria um óptimo Relações Públicas ou Publicitário, se o desejasse.

Feriados: corte de 4 dias

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos Dois feriados religiosos (Corpo de Deus,...) e dois civis (o inenarrável 5 de Outubro, pena que esteja a ser pensado o dia da Restauração...) Mas cortar 4 feriados é razoável. Nós temos um problema de produtividade nacional. Esta resolve-se trabalhando melhor, trabalhando mais ou uma combinação das duas. O que nós precisamos é que as exportações nacionais consigam um maior valor unitário....aumenta-se a produtividade....ou de novos mercados para as ditas exportações....que tal negociar com o Brasil um desarmamento alfandegário para as trocas comerciais entre ambos os países? Decerto que o vinho, azeite e alguns têxteis ganhariam um novo e gigante mercado. Escolhi estes produtos intencionalmente: em algumas categorias pagam uma quota de 65% sobre o preço de exportação...Já imaginaram o que seria o potencial disto?

quinta-feira, novembro 10, 2011

Dia de São Martinho - comer castanhas!

Em Roda da Mesa®: Dia de São Martinho: Amanhã, é o dia em que tradicionalmente se comem castanhas, em comemoração do São Martinho... Criou-se o "mito", tal como aconteceu com mui...

Casas sustentáveis ambientalmente....em Lisboa

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos Uma grande iniciativa da arquitecta Lívia Tirone Nunes. Porque as casas não têm que ser frias, más, caras a manter... Para todos os que se interessam pelos temas na sustentabilidade na construção e na manutenção de edifícios residenciais, recomendo o blogue e demais conteúdos e iniciativas. http://construcaosustentavel.pt/index.php?/category/noticias-recentes-blog

Vou pedalar este fim de semana....

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos Por terras de Aroeira, Palmela, Azeitão, Setúbal, Figueirinha....Um fim de semana em que vou dar uso á minha Specialized S-Works Roubaix... Por zonas de paisagens de cortar a respiração.... Quem me acompanha?

terça-feira, novembro 08, 2011

O circo está montado...um imposto extraordinário sobre os trabalhadores privados está em marcha....

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos Cavaco, Seguro, Relvas.....a ideia parece a de que em 2012 os funcionários públicos fiquem apenas sem um dos subsídios (de férias ou de Natal) indo buscar-se a compensação aos trabalhadores do sector privado que levarão com uma taxa de 50% sobre um dos seus supracitados subsídios.... Nada contra os funcionários públicos. Quem não se lembra dos que são deligentes, competentes, zelosos do bem público? Eu lembro-me e conheço vários. Acontece que o nosso sistema de emprego é brutalmente dual....vejamos.... 1) Função Pública versus trabalhadores do sector privado 1.1.Emprego (tendencialmente) garantido. No privado os despedimentos colectivos (temos uma das legislações mais liberais nesta matéria), os despedimentos por extinção de posto de trabalho (muito usados para despedir quadros médios e superiores, aquando da mudança de gestão das empresas), encerramento de empresas, deslocalizações, etc. fizeram com que a taxa de desemprego subisse, em menos de uma década de 5% para 13% e a caminho dos 16-17%.... 1.2 Subsídio não tributado. Portanto, a segurança no trabalho corresponde a um rendimento não tributado. Um estudo do Banco de Portugal e da Universidade Nova estimava este "rendimento" equivalente a 17% do salário...ou seja, um trabalhador público com salário de 100 corresponde a um trabalhador privado de 117. 1.3. Promoções por antiguidade: típica de carreiras de funcionários públicos....desconhecida nas empresas privadas.... 1.4. Reforma: embora em mecanismo de convergência, muito mais generosas que no sector privado. Em média quase o dobro.... 1.5. Salários actuais: 15% em média superior á média das remunerações do sector privado.... 1.6. Horário de trabalho: rigoroso. Com pagamento de horas extraordinárias, quando acontecem. No sector privado, com excepção das empresas de capitais alemães, não se pagam horas extra e os trabalhadores fazem, dia após dia, bem mais que a meia hora a que de futuro os irão obrigar. Tratar-se-á na transformação numa obrigação de facto numa obrigação legal. 2. Finalmente, o primeiro ministro disse que Portugal tinha um problema de despesas pública...e que era melhor cortar despesa que aumentar impostos....nesse sentido o corte dos custos dos vencimentos dos funcionários públicos é um abate directo à despesa pública....o aumento dos impostos, para além de corresponder a uma forma moderna de escravatura, nada faz para parar o crescimento do "monstro" da despesa pública.

segunda-feira, novembro 07, 2011

Portugal vai ter uma queda do PIB de 3,9% em 2012...pior que o estimado até agora.

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos O FMI ainda tem uma previsão de 1,9%. O Governo elaborou o orçamento para 2012 com base numa estimativa de recessão em que o PIB vem a cair 2,8%. Seguro diz que há folga de 900 milhões....mas o J.P.Morgan vem dizer que o PIB português vai contrair 3,9% no próximo ano. De uma eventual folga passaremos a uma "falha" de uns 700 milhões de euros em receitas fiscais e provavelmente mais uns 200 milhões em acréscimos de transferências sociais.... Com a cortesia do Wall Stress Journal.... The outlook is particularly grim along Europe’s struggling periphery. Ireland will stagnate next year, J.P. Morgan estimates, making it the economic champion of the periphery by default. Greece will contract 6.6%, Portugal by 3.9%, Spain by 1.1% and Italy by 1.5%, according to the bank’s revised estimates.

Feriados...o que importa fazer....

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos Sobre os feriados, algumas ideias elementares: 1) Não temos feriados a mais quando comparados com os países da União Europeia, nossos principais mercados. 2) Temos, tal como todos os povos, alguns feriados cujo sentido não será muito grande....embora possa ser discutível, veja-se, à laia de exemplo: - 05 de Outubro: comemorar o golpe de Estado em que o Partido Republicano derrubou a Monarquia....Alguém comemora isto? Ou está interessado neste tema? - 25 de Abril: mais uma comemoração de um golpe de Estado. Se calhar era de manter este e acabar com o do 05 de Outubro...porque duas comemorações do mesmo Regime parece algo excessivo.... 3) Portanto, dois ou três feriados poderiam ser eliminados...dos tais que ninguém se lembra o que comemoram..... 4) Eventualmente um ou outro poderia ser adicionado: 13 de Maio, por exemplo. o 28 de Junho (1706) quando o exército português, comandado pelo Marquês de Minas, conquistou Madrid.... 5) Pontes...nunca fiz nenhuma....mas nada contra com quem faz....desde que marque férias.... 6) Solução mais eficiente para aumentar a produtividade....encostar todos os feriados ao fim de semana....com excepção do Natal, Páscoa, 01 de Maio e 25 de Abril, todos, mas todos seriam colocados numa segunda feira. Aumento da produtividade, menos perturbações no trabalho causadas pelas "pontes". Respeito pelas tradições religiosas e seculares do povo português.

Greve nos transportes...os cidadãos que paguem a crise....

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos Amanhã mais um escândalo em preparação....alguns, poucos, milhares de indivíduos, trabalhadores da CP, Metro de Lisboa e do Porto, Transtejo, Soflusa, STCP...vão fazer greve.... Percebe-se mal porquê....actuam em sectores com pouca ou nenhuma concorrência...acordos de empresa generosos....remunerações aliciantes (2 a 4 vezes maior de remuneração média que os trabalhadores do sector público), subsídios extravagantes (como o do metro de Lisboa, que paga um subsídio de assiduidades por cada dia que os seus trabalhadores se apresentem ao trabalho....!). Este tipo de greve são um forma de chantagem sobre os políticos....sobre os trabalhadores que não têm carro para se deslocarem às cidades de Lisboa e do Porto....são uma vergonha, uma afronta nacional...um acto de traição. A Portugal, a quem trabalha, a quem tenta cumprir para evitar a bancarrota desta Nação... E a traição é um crime....

Freguesias que vão ser extintas...e os municípios?

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos Um elucidativo no Jornal de Negócios de hoje. Deixo o link para o resumo do artigo. http://www.jornaldenegocios.pt/home.php?template=SHOWNEWS_V2&id=517189 E ver que algumas que me são caras, muito caras, vão desaparecer.....Paço de Arcos, Adão, Vila do Touro, Porto Salvo, .... Deveriam era fundir municípios, esses monumentos de desperdício de dinheiros públicos....