Google+ Followers

domingo, março 29, 2015

Concurso e provas públicas para escolha próximo Governador Banco de Portugal!

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos

Como Constâncio e Costa tão bem ilustram, a escolha de um Governador para o Banco de Portugal deve ser feita em base meritocrática e não decidida por organizações secretas....

Dois supervisores que pouco supervisionaram.

Dois homens que não conseguiriam, jamais, ser escolhidos, se o escrutínio fosse público, com provas orais no Parlamento e com base também em currículo.

Uma desgraça que estes mais altos cargos sejam escolhidos de forma tão secreta....

Carlos Costa, o improvisador mor e o caso do Papel Comercial

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos

Confuso. Baralhado. Resolve sem resolver. Primeiro dizia que existia uma provisão. Depois que a provisão não existia. Afinal existiu mas ficou no banco mau.

E os clientes que subscreveram papel comercial?

Costa, improvisador nato.