Google+ Followers

sexta-feira, fevereiro 24, 2012

Vamos sair do Euro - parte 7: os números verdadeiros desemprego

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos

Já todos temos um amigo, familiar ou alguém próximo que está desempregado. Na sua esmagadora maioria são pessoas qualificadas, com iniciativa, comportamento sociável, inteligentes. Mas desempregados e alguns, cerca de metade, há já mais de um ano...

Os números oficiais do desemprego dizem que a taxa está nos 14% da população activa. Mas estes números escondem a realidade...convido os leitores a fazerem uma breve digressão comigo:

- População activa em Portugal: 5.000.000 (5 milhões, aproximadamente)
- Desempregados: 771.000 (taxa de 14% da população activa)
- Inactivos  (ver abaixo): 286.000 (5,8% da população activa)

Desempregados+Inactivos: 20% (aproximadamente)

E depois temos os trabalhadores a Tempo Parcial....633.000, em que mais de um terço gostariam de trabalhar a tempo inteiro (ou mais horas....basta trabalhar uma hora por semana para se estar a trabalhar a tempo parcial e não constar como desempregado)...mais de 200.000 a Tempo Parcial gostariam de trabalhar mais...são em tudo menos no nome Desempregados...

Desempregados+Inactivos+%Tempo Parcial gostaria trabalhar mais: 24%

24% da população activa portuguesa está desempregada..

.E o leitor já percebe porque digo que temos que sair do Euro já, adoptar o "novo escudo" (NPTE) ao câmbio de 1€=300 NPTE? Temos que ganhar capacidade de concorrer nos mercados industriais, agrícolas e serviços com os países de custos mais baixos....rápido antes que o desemprego oficial+oficioso chegue aos 30% e venha um homem providencial...um ditador...da última vez a brincadeira durou 47 anos...

Inactivos= desempregados mas no último trimestre não procuraram emprego...já imaginaram o que é estar meses a fio a responder a anúncios, a ir a entrevistas, e nada?....muitos desaniman, adoecem, ficam "Inactivos".

1 comentário:

João Lopes disse...

um facto. Não sei como ninguém fala disto.