Google+ Followers

quarta-feira, janeiro 21, 2009

A Standard and Poors, agência de rating, acaba de cortar a notação de Portugal

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos

Logo em cascata foi anunciado que não só as emissões da República Portuguesa sofriam uma desvalorização da sua qualidade creditícia, como também os Bancos Totta e Caixa Geral de Depósitos sofreram igual destino.

Os outros bancos e empresas portuguesas com emissões de obrigações nos mercados internacionais (PT, Galp, Edp, Ren, Brisa, ...) vão também ser arrastadas.

Quer dizer que as dificuldades de o país assegurar o refinanciamento da sua imensa dívida externa, continuamente agravada por um déficite da balança de transacções correntes que é o 8º maior do mundo, continuam a acentuarem-se...

Podemos ter, num futuro próximo, problemas graves...

Sem comentários: