Google+ Followers

segunda-feira, março 18, 2013

Granadeiro, 1.270 milhões de euros e o salário mínimo

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos

A Portugal Telecom anunciou que no ano de 2012 pagou ao seu presidente não executivo, Henrique Granadeiro, 1.270 euros de remuneração, entre parte variável e parte fixa.

Para o pobre Portugal, e para quem tem funções não executivas, é demasiado dinheiro. Fica mal no nosso triste país.

Por outro lado, a semana que findou foi marcada por afirmações do primeiro ministro sobre o salário mínimo. Tem razão Passos Coelho quando diz que um aumento do salário mínimo irá provocar um aumento do desemprego. De facto, o salário mínimo é o melhor meio para excluir do mercado de trabalho os mais novos, os menos qualificados....uma espécie de medida de exclusão social, mascarada de um discurso pró trabalhadores tal como os sindicatos alardeiam....

Henrique Granadeiro com salário obsceno. Desemprego também obsceno. Provavelmente as duas faces de um país que não tem inteligência+indignação...

Sem comentários: