Google+ Followers

domingo, maio 31, 2009

A dureza de uma recessão

http://www.linkedin.com/in/paulomarcos

Os Economistas não conseguiram prever, na sequência da crise dos empréstimos "subprime" hipotecários, a crise que vinha...subestimaram a dimensão e a profundidade da mesma.

Agora os cenários são muito negros. Dizem-nos que após o Verão será mais dramático.

Mas eu estou como Fernando Ulrich: vai ser uma crise dura mas não tão má quanto os indicadores do primeiro trimestre indiciavam ou as previsões feitas pela maior parte da classe aponta.

1 comentário:

joao fialho disse...

Crise económica poderá abrandar até ao fim do ano, porém a crise social irá agudizar-se com mais e mais famílias desesperadas à medida que os apoios sociais se vão esgotando.